Fotografia profissional – porque valorizar o fotógrafo profissional é necessário? A arte agradece.

Você já se deparou com uma foto na capa de uma revista ou jornal de um evento qualquer e pensou “puxa, a pessoa que fez isso deve ter tido muita sorte de conseguir pegar esse momento”?

Pois é, se a sua resposta foi afirmativa (e acredito que 95% das pessoas que leiam esse texto respondam que “sim” para essa pergunta), você deve saber o quanto uma boa foto é importante para noticiar, ilustrar ou até mesmo entreter uma pessoa.

Ganhar dinheiro não é um acontecimento aleatório mas sim consequência de um bom trabalho. Por isso o fotógrafo tem seu lugar e merece todo reconhecimento possível.

Hoje, com toda a tecnologia de smartphones (que produzem cada vez mais fotos com altíssima qualidade) e o fácil acesso a câmeras semiprofissionais, quase todo mundo pode dar uma de fotógrafo. Sem desvalorizar quem curte a fotografia como hobby ou busca se especializar nessa arte, uma coisa é certa: são os fotógrafos profissionais que conseguem registrar de maneira memorável algo.

Fotografia é memória. É registrar os momentos bons (e, em alguns momentos, os ruins) de um determinado momento. É celebrar as vitórias, conquistas e alegrias, mas também denunciar os horrores, as guerras, a corrupção e a sujeira causadas pelo ser humano.

Deixando o contexto político de lado, a fotografia é importante porque ela registra a história: imagine se não existisse a fotografia, como teriam ficados alguns momentos icônicos da nossa História? O hasteamento da bandeira em Iwo Jima, as crianças correndo no Vietnã depois de um ataque de napalm, o assassinato de John Kennedy, as poses de líderes do mundo inteiro, os ataques do 11 de setembro, as crianças famintas na África, os trabalhadores do mundo inteiro… Sem a fotografia e sem bons fotógrafos, nada disso seria registrado.

Fotografia profissional-1

Essa espécie de manifesto é também um alerta para valorizarmos quem faz da sua fotografia a sua profissão. Existe todo tipo de fotógrafo – o que registra a natureza, guerras, eventos esportivos, vida cotidiana, políticos; mas também aqueles que preferem trabalhar num estúdio ou em eventos menores e fotografar casamentos, aniversários, formaturas… -, e todos eles possuem suas qualidades e, o mais importante, a sensibilidade para fotografar.

Sim. Fotografia se faz com técnica, mas, acima de tudo, com sensibilidade. O bom fotógrafo sabe a hora de disparar a máquina, para onde apontar, que tipo de abertura usar. O bom fotógrafo é como um bom escritor ou jornalista: ele sabe contar uma história através das imagens.

     Se você quer aprender a fotografar com dicas práticas, não pode perder esta oportunidade. Curso Cara Da Foto-Introdução a Fotografia Digital     

.

Por isso é importante valorizarmos esse profissional e esse tipo de trabalho. Pela popularização das câmeras e outros equipamentos fotográficos, vemos uma enxurrada de pessoas trabalhando com fotografia e, em alguns casos, enganando as pessoas – você não se lembra daquela notícia de um casal que entrou com um processo contra a fotógrafa do seu casamento porque ela não tinha feito nenhuma foto decente do evento, cortando convidados e se esquecendo dos momentos mais importantes, como o “sim” do casal?

É, assim como nas outras profissões, existem fotógrafos que vendem uma falsa imagem de qualidade e de trabalho, procurando sair na vantagem diante desses momentos. É a partir daí que defendemos um lado: é hora de valorizar e respeitar o fotógrafo profissional.

Você não vai num médico que não fez uma faculdade de medicina, não é mesmo? Então você não vai contratar um fotógrafo que não tenha um bom portfólio ou simplesmente reproduzir o trabalho de alguém.

Um bom fotógrafo, não é, necessariamente, a pessoa que fez uma faculdade de fotografia, mas o que entrega sua alma ao negócio, não só pelo dinheiro mas pelo reconhecimento, pela responsabilidade que está participando da vida das pessoas e deve fazer um bom trabalho e pelo prazer de fazer o que ama.

O fotógrafo profissional é importante nesse sentido: ele sabe como fazer um bom registro e como eternizar aquele momento. É isso é o que vale para ele ser valorizado – e respeitado.

Se você deseja aprender mais sobre fotografia não deixe de baixar o E-book grátis “10 lições para fotógrafos iniciantes”!

.

Deixe uma resposta