A ORIGEM E A HISTÓRIA DA FOTOGRAFIA – VOCÊ VAI ADORAR CONHECER ESTA ARTE QUE CONQUISTOU O MUNDO DESDE A ANTIGUIDADE ATÉ OS TEMPOS MODERNOS

Fotografia

A história da fotografia, tenta nos explicar a paixão por essa técnica que virou arte, o trabalho melindroso que tira lágrimas.

A produção de imagens em uma superfície plana e concreta, uma curiosa “perpetuação”.

História da Fotografia:

Não houve um criador ou descobridor da fotografia, e sim vários. Alquimistas, cientistas, químicos.

Escurecimento dos sais de prata, ação da luz, litografia, sulfato de sódio são alguns nomes que fizeram parte de todo processo que findou em 1891, quando G. Lippmann conseguiu obter a primeira fotografia colorida.

Origem

A partir daí, o passo para a popularização foi num flash!  Consequentemente, a câmera fotográfica acompanhava a caminhada tecnológica.

Já nas décadas de 50 e 60 a imprensa aderiu à moda abusivamente, fazendo do jornal impresso uma paleta e encantando os olhos de quem lia.

Fotografia e trabalho

A fotografia então, passou a ser usada como instrumento de trabalho. Na ciência, como forma de registrar as radiações de comprimento de onda ou de acontecimentos extremamente rápidos, como explosões.

Na biologia, a fotografia microscópica como base de observação ao pesquisador. Na lei, com a fotografia ultravioleta que identifica documentos falsos. Na arqueologia, a fotografia infravermelha que identifica obras deterioradas ou falsas.

Fotografia e arte

Não é de se espantar o fato de que os primeiros fotógrafos eram pintores e desenhistas, uma vez que a grande utilização da nova maravilha foi vista como a sentença de morte para os artistas da época.

Pelo contrário, artistas como Niepce, Daguerre e Fox Talbot, aderiram a nova modalidade. E cabe ao governo francês os méritos por hoje, nós termos acesso a tudo isso, uma vez que ele tomou uma das mais fortes patentes da época, na tal maravilha moderna.ORIGEM E HISTÓRIA DA FOTOGRAFIA 2

Fotografia moderna

Foto, em nossa era, já é algo comum, prático, simples e disputado. Não é exagerado ironizar que 11, em cada  10 pessoas possuem câmera no celular, tablet ou computador.

Com o auxílio da internet, a foto digital tem lá seus recursos. Muda-se a cor, o contraste, a saturação, nitidez, cenário, legenda, personagem, objeto, adiciona, retira-se, exagera e falta. Num paralelo entre o real e o virtual, já não há comportas.

O registro faz parte do ser humano, bem como sua publicação. Câmeras fotográficas já poderiam ter seu próprio museu de cera, dando um novo cenário a história da fotografia “moderna”.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.